3 razões para fazer Costura criativa

Está cheia de trabalho e precisa descontrair e abstrair-se um pouco? Trabalha em casa e sente-se assoberbada com as tarefas domésticas e as necessidades urgentes dos filhos? Está a ultrapassar uma fase difícil de isolamento, solidão, até mesmo depressão? Para todas estas questões eu tenho apenas uma resposta: Faça costura criativa. Se é uma ideia demasiado específica podemos alargar o âmbito e dizer: faça artesanato.


Eu apaixonei-me pela costura, através da minha mãe, na infância. Depois de muitos anos sem pegar na máquina, a não ser para arranjar umas bainhas ou trocar o fecho de umas calças (realmente nunca tive a máquina sem uso muito tempo) reavivei o gosto devido às necessidades da minha filha.


Era aquela altura em que a "Lady Bug" fazia furor nas cabecinhas mais jovens e a minha filha queria o estojo, e a mala, e a mochila, e o caderno,... e "Lady Bug", "Lady Bug", "Lady Bug", ... Começei a fazer contas e realmente o ordenado iria ser bastante afectado com este "branding" da joaninha que salva Paris a toda a hora! Negociei e a minha filha disse que eu sabia costurar por isso podia fazer-lhe as peças que quisesse e estas seriam exclusivas... porque era eu a fazer, mais ninguém teria igual.


Aceitei o desafio... Fomos juntas comprar o tecido vermelho com bolinhas e o tecido rosa... fiz o estojo duplo e fiz a mochila. Eu tive as minhas motivações externas (necessidade da minha filha) e você terá as suas. Talvez já apontada no início deste post ou outra completamente diferente. Então vamos ver as razões para fazer costura


1. Aumenta capacidades de concentração e criatividade. Por se tratar de um trabalho manual , que obedece a uma sequência, obriga a treinar capacidade de concentração, visualização da peça terminada e ainda criatividade para adaptar diversos materiais que tem disponíveis para realizar o projeto.


2. Produto de designer gastando menos dinheiro. Sabemos que muitas vezes ao comprarmos numa loja uma peça de vestuário (e eu vejo principalmente o que se passa com malas e bolsas por ser o meu nicho) pagamos 80% da etiqueta e 20% dos materiais e mão de obra. Quantas vezes já comprou uma mala de marca conhecida bastante cara e que ao fim de menos de um ano começa a ficar toda rasgada por ser feita de plástico de fraca qualidade, ou tem as ferragens completamente estragadas (partidas e com ferrugem)? Quando faço as minhas malas procuro os melhores materiais e faço um produto de topo... que é exclusivo, não se repete nas mãos de ninguém!


3.Costura ética. Hoje em dia todos nos preocupamos com a qualidade dos produtos que comemos, mas o consumo não se refere apenas a comida. Ao comprarmos moda e acessórios de moda também nos devemos preocupar com a qualidade dos materiais. Imagine que compra um "bralette" (que é uma peça de lingerie fácil de fazer... um dia ensinamos aqui!) giro e bastante baratinho, mas depois de o usar as fibras são tão sintéticas que lhe provocam uma reação alérgica na pele, obrigando-a a consultar um dermatologista e a fazer tratamento... O bralette saiu bem caro com tantas despesas paralelas e ainda por cima nunca mais o vai poder usar. Outra questão que me coloco é: quem costurou esta peça? quais as condições de trabalho dessa pessoa? Será que se obedecem a questões ambientais na construção da peça que comprei? Também é nosso dever cívico lutar contra violações ambientais e acima de tudo de direitos humanos... quem se lembra da polémica questão das bolas de futebol costuradas por crianças paquistanesas? Ao comprar os materiais posso fazer uma escolha mais consciente e deixar uma pegada mais ecológica... até posso comprar apenas um ou outro material e reciclar o restante. Por exemplo, a reciclagem de vestuário jeans, sarja, seda, cetim ou 100% algodão podem servir-lhe para imensos projetos.


Está convertida aos nosso argumentos? podíamos encontrar seis... ou nove!!! Todos eles bastante convincentes!


Quer aprender a fazer algumas peças. Pode encontrar no YouTube imensos projetos. Nós começámos a fazer passo a passo para partilhar o que aprendemos com outras pessoas da mesma forma. Aqui vai a razão bónus a n.º4.


4. Comunidade online e sentido de pertença. Uma pessoa pode viver sozinha mas não tem de estar só. Em vez de nos alimentarmos apenas com a vida dos outros plantada pelas redes sociais para disseminar a inveja... podemos fazer algo útil e ser recíprocos. Eu aprendi e agora ensino. Há sempre alguma coisa que nós podemos ensinar pois cada pessoa tem as suas vivências, a sua experiência única. Este sentimento de estar inserido numa comunidade com os mesmos interesses e onde se partilha desinteressadamente dá-nos motivação para nos superarmos e aprendermos cada vez mais.


Aqui fica o nosso canal. Passe por lá e deixe a sua opinião, porque é muito importante para nós! Clique na imagem para redirecionar para o canal!



0 visualização
  • Grey Facebook Icon
  • B-graphite YouTube
  • B-Graphite Instagram
  • B-Graphite Pinterest
  • B-Graphite Twitter

© 2019 por b-graphite Studio. Orgulhosamente criado com Wix.com

Albufeira   |   Évora

b.graphite@gmail.com -  Telefone: (351)913 333 390

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now